Cultura, Lazer, Entretenimento e Celebridades

Colegas que dividem a casa também compartilham contas digitais, mas há desconfiança

Pesquisa da Kaspersky em mais de 20 países, incluindo o Brasil, revela que quase metade dos housemates dividem serviços de streaming; e um terço repartem serviços de vendas, entregas de comida e jogos online

Um novo estudo da Kaspersky mostra que boa parte dos housemates – pessoas que dividem a mesma residência, mas não são casais nem pertencem à mesma família – compartilha suas contas digitais. Realizada em mais de 20 países, incluindo o Brasil, a pesquisa “Mais conectados do que nunca: como estabelecemos nossas zonas de conforto digital” revela que quase metade (46%) se sente à vontade para compartilhar serviços de streaming com colegas de casa. Já cerca de um terço divide serviços de vendas online, como Mercado Livre ou Amazon Prime (33%), ou contas de entrega de comida, como o iFood, e assinaturas de jogos online, como Xbox Live (30%).

Por outro lado, a pesquisa mostra ainda que nem todos os respondentes têm certeza da segurança das pessoas que moram com eles ao usar a internet. Cerca de um terço (32%) tem dúvidas sobre a segurança de suas contas, pois não conhecem os hábitos digitais de seus colegas. Já um quarto (24%) das pessoas tem alguma apreensão de que os hábitos digitais de seus colegas possam afetar a velocidade da internet e, consequentemente, seu desempenho em jogos online.

“Os serviços de filmes, séries, TV e músicas online mudaram os hábitos das pessoas, que passaram a consumir mais conteúdos legítimos e menos de origem duvidosa. Porém, a variedade de serviços disponíveis hoje dificulta o acesso ao obrigar o usuário a manter três ou quatro assinaturas diferentes. Por isso é comum o compartilhamento das credenciais entre amigos, colegas de trabalho, amigos da escola/universidade e nossa pesquisa alerta para o risco disso. Para piorar, é comum que os brasileiros tenham duas ou três senhas para gerenciar todas as suas contas online . Ou compartilhar a credencial com outras pessoas, a pessoal pode dar acesso a outros serviços também”, alerta Roberto Rebouças, gerente-executivo da Kaspersky no Brasil .

A Kaspersky apresenta as seguintes recomendações para pessoas que compartilham moradia para ajudar a manter seus dispositivos protegidos:

• Não abra links não solicitados ou suspeitos que tenham sido enviados por e-mail, SMS ou app de mensagens. Primeiro, verifique se o remetente é autêntico checando o site oficial da empresa.

• Não compartilhe informações pessoais, nem permita o acesso de terceiros a suas contas, a menos que seja totalmente necessário. Isso reduzirá as chances de elas serem descobertas.

• Use um gerenciador de senhas, como o Kaspersky Password Manager, para criar códigos únicos e fortes para cada conta, e resista à tentação de reutilizar a mesma senha várias vezes.

• Instale uma solução de segurança confiável, como o Kaspersky Security Cloud. O recurso de Verificação de Conta avisa caso seus dados pessoais sejam vazados na internet.

Para ajudar as pessoas durante a pandemia e depois dela, a Kaspersky fez recomendações para estabelecer uma “zona de conforto digital” com segurança. Por exemplo, você pode descobrir como proteger sua vida digital e também como compartilhar suas assinaturas on-line com segurança .

Sobre a Kaspersky  http://www.kaspersk y.com.br . 

Lica Gimenes

Lica Gimenes

Colunista social de saúde e bem-estar no Portal Referência, Lica Gimenes é formadora de opinião em Ribeirão Preto. É colunista na Revista Dicas Mulher e tem ampla experiência em coordenação de eventos corporativos, análise de mercado, tendências de mídia e planejamento estratégico.

Adicionar comentário

Clique aqui para comentar